5 pontos turísticos em Goiânia que você precisa conhecer

A capital de Goiás é conhecida como uma das cidades mais verdes do país. Veja algumas sugestões antes de definir o seu roteiro de viagem.

O Centro-Oeste brasileiro é uma região rica em lugares incríveis para conhecer, como a Chapada dos Guimarães, o Pantanal, a Chapada dos Veadeiros, Bonito, Caldas Novas, entre outros. Se você ainda não conhece, vale repensar o roteiro da próxima viagem e incluir algum ponto desta região. 

Assim, antes de comprar a sua passagem de Belo Horizonte a Goiânia, veja algumas sugestões de lugares imperdíveis para conhecer na capital goiana e viver uma viagem inesquecível.

Centro Cultural Oscar Niemeyer

Esse é um dos principais pontos culturais do sudoeste da cidade de Goiânia e engloba uma peça de 26 mil metros quadrados e quatro edifícios em formato geométrico: o Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Palácio da Música e uma biblioteca. 

Por fim, na área desse centro cultural ainda é possível ver uma pirâmide de 36 metros de altura que abriga o Monumento aos Direitos Humanos (que possui 700 metros quadrados e aloja um auditório de 166 lugares, um salão para exposições e um jardim de inverno). 

Nos finais de semana e nos atardeceres, é comum ver nessa área muitos jovens e crianças andando de skate, patins e bicicleta, o que torna o passeio especialmente atrativo para quem viaja com a família.

Parque Flamboyant 

Para quem gosta de ter um contato mais direto com a natureza, uma ótima opção é esse parque, localizado no bairro Jardim Goiás. É um dos lugares mais queridos e frequentados pelos moradores da cidade.

Ali, é possível realizar uma caminhada, andar de bicicleta ou patinete pela ciclovia, visitar os dois lagos e o jardim japonês. Para quem viaja com crianças pequenas, o Parque Flamboyant também possui um parquinho infantil para o público.  A partir das 17 horas das sextas-feiras, os visitantes podem se deliciar com diferentes sabores na feirinha que ocorre no local.

Jardim Botânico

O Jardim botânico Amália Hermano Teixeira foi inaugurado em 1978 e é a maior área verde da capital goiana, possuindo nada menos que um milhão de metros quadrados. Além de mostrar as belezas do cerrado, o jardim também possui um lindo lago e uma pista de caminhada.

Esse jardim fica em uma área um pouco mais afastada da maioria dos locais turísticos de Goiânia, o que faz com que ele não seja visitado por tantos turistas. Mas o passeio vale muito a pena.

Museu Zoroastro Artiaga 

Este é o primeiro museu de Goiânia, inaugurado em 1946 e voltado a mostrar a história de povos indígenas que habitam a região. O acervo do museu reúne mais de quatro mil peças, muitas das quais são destinadas a contar um pouco da história de diferentes etnias.

O acervo do museu também traz aspectos da diversidade da cultura material e imaterial do estado de Goiás, assim como as transformações a que o território foi submetido durante os séculos. O museu também possui um auditório de 90 lugares e a Biblioteca Regina Lacerda, especializada na história de Goiás. A entrada é gratuita e o museu fica aberto à visitação de terça a domingo.

Parque Vaca Brava

Esse é o parque mais famoso da cidade e é ótimo para quem é adepto de um contato mais direto com a natureza. No local é possível visitar lagos extensos e uma floresta com biodiversidade de fauna e flora bastante rica.

Conhecida como uma das cidades mais verdes do Brasil, Goiânia é uma cidade bastante quente, sendo a primavera o período mais delicado do ano para visitá-la. Se você viajar nessa época do ano, tome cuidado redobrado na hora de passear pelos parques e áreas abertas da cidade, levando filtro solar, boné e uma garrafa com água.

Deixe comentário