Ginástica íntima feminina, o que é e como fazer facilmente

Que praticar exercícios físicos é perfeito para a nossa saúde, todos nós já sabemos, mas não estamos acostumados com uma ginástica que possui foco na nossa saúde íntima. Os músculos do assoalho pélvico, mais conhecidos como períneo.

O períneo é a região dos músculos, fáscias e ligamentos que se encontram entre o clitóris e o ânus. Todos esses músculos é de uma importante participação no controle urinário e fecal, em base aos órgãos pélvicos, o nascimento e pós-parto, e também prazer sexual.

Como resultado, quando uma mulher movimenta seus diversos tecidos musculares, ela previne as incontinências urinárias e fecal e inclusive prolapsos (que são a queda da bexiga, útero ou reto).

E a todos já falados, o alongamento desses músculos permite um nascimento mais rápido, se livrando da laceração e necessidade de episiotomia.

Além de, ao exercer esses diversos músculos, você facilita o alcance do orgasmo, já que torna maior a conscientização da região genital masculina crescendo a circulação sanguínea e o tônus vaginal.

Como executar Pompoarismo

Agora que o leitor conhece as vantagens, você deve estar pensando em como fazer esta ginástica íntima.

Vamos aprender os exercícios básicos que você pode executar sentada, ou de pé. Para que se sinta melhor na região perineal, vamos começar a execução das rotinas, sentada.

Primeiro as contrações lentas:

1. Sente-se confortavelmente em uma cadeira com os joelhos a 90°;

2. Coloque suas mãos sobre sua barriga para certificar-se de que você não tem movimento através desta região, ou segure o ar durante o exercício;

3. Contraia seu períneo como se fosse prender o xixi e o coco, isto é, contraia o ânus e a vagina ao mesmo tempo por 5 a 10 seg;

4. Não prenda o ar;

5. Relaxe ao mesmo tempo em que o fez. Exemplo: Se fez em 5seg, descanse 5 segundos até a próxima ginástica;

6. Faça dez vezes de cada exercício, 3 vezes ao dia: Manhã, tarde e noite.

Nas contrações velozes. Essas devem ser exercitadas com a máxima força. Ainda sentado:

1. Contraia o períneo (Contraia o ânus e a vagina ao mesmo tempo) e relaxe.

2. Essa contração foi do tipo “contrai e solta”. O relaxamento deve ser de 3 a 5 segundos entre as contrações. Não deixe de relaxar!

3. A leita têm a possibilidade de usar essa contração no dia-a-dia todas as vezes que tossir, espirrar, agachar, pegar um peso na musculação por exemplo. Vai ajudar a se esquivar da incontinência urinária.

4. Faça dez repetições de cada exercício, 3 vezes ao dia: Manhã, tarde e noite.

Como ser uma especialista em fazer ginástica íntima

Todas nós sabemos que o que direciona a perfeição é a prática desses exercícios íntimos. É especialmente recomendo realizar no mínimo 3 sessões para cada exercício durante o dia.

A questão de hora varia de 1 dia para o outro. Você pode vir a jogar o tempo que quiser, tudo que você deve ter em mente é que: Por maneira alguma você deve realizar os exercícios com a bexiga cheia, isso pode resultar em infecção urinária:

Como todos os músculos, é especialmente necessário ter um descanso do músculo para que não se canse nem se inflame. Por esse motivo não realize execuções de modo excessivo.

Caso você almeje compreender ainda mais a respeito das rotinas de ginástica íntima, recomendamos-lhe a leitura desse conteúdo: https://segredospompoarismo.com.br/ginastica-intima-feminina-exercicios-passo-a-passo/

Deixe comentário